Início » Projeto Cidade

Projeto Cidade


Para que se interessa por  Jornalísmo Ambiental

***

 

Para a Comunidade de Taguatinga – DF

Olá,
estou divulgando a pedido de um estudante, Caio, de engenharia civil da UnB, uma pesquisa online sobre a Criação da Rua do Lazer na Av. Comercial norte (Taguatinga- DF) aos domingos (semelhante ao Eixão do Lazer). A pesquisa será usada no TCC de conclusão de curso.
Já tivemos algo parecido no passado, mas a ideia é sempre bem vinda desde que contorne alguns problemas de transito, particularmente dos ônibus. Taguatinga, hj sofre com o marasmo convivencial, cultural e até comercial, a meu ver. A avenida comercial reflete bem isso nos dias de domingo, onde sempre dou algumas pedaladas. Fico imaginando quão legal e saudável se as pessoas pudessem sair das casas e dos apartamentos e se encontrar na sua avenida principal, ainda que seja somente pela manhã (obviamente, sem qq som estridente ou atividade perturbadora). O Taguaparque é uma opção, mas cumpre seu papel de forma diferente. Enfim, o link da pesquisa está a seguir. Responda com sinceridade, sem se preocupar com a minha opinião.
Se possível divulgue a pesquisa online para maior participação da população. O TCC vai ser apresentado em fevereiro e talvez eu consiga os resultados da pesquisa direto com o Caio.
Um abraço,
                           ***

O mais lindo de uma cidade.

 

Se non leggi correttamente questo messaggio, clicca qui

Jovens

Projeto Mundo Unido

 

Ipês, um convite ao belo.

( Correio Braziliense).

Ipês, um convite ao belo.

Foto: Correio Brazilience

Nas minhas caminhadas onde moro encontro muitos voluntários cuidando e plantando nos parques e espaços vazios da cidade.

O nosso setor “QNL de Taguatinga” cada vez mais se torna belo… Aqui, as pessoas caminham livremente, as crianças soltam pipas e muitos saem com a sua bicicleta. E o medo vai sumindo da população.

A alma da nossa cidade é o seu povo. Não podemos ficar dentro de casa enfurnados. Os nossos parques e ruas aos poucos se tornam espaço de todos. Cada um precisa começar ali onde mora. Sabe que até à noite as pessoas caminham? E quem chega do trabalho não encontra sua rua como deserto e dentro de casa o marasmo… Pessoas debilitadas porque não se movimentam… Somos nós que fazemos a nossa cidade . Participe procure as associações ou crie se não as tem. Temos tantas experiências positivas Brasil afora…

Brasília, a cidade.

Os parques da QNL estão ficando lindos pelo carinho dos seus moradores.

Setor QNL de Teguatinga – DF

O desenvolvimento educacional, sustentável, econômico de uma cidade é gerado a partir das organizações comunitárias…

A qualidade de vida de uma cidade depende muito das organizações comunitárias. Desde “grupos comunitários” de sua rua, condomínio, bairros , sítios. Também os grupos religiosos independente de religião se não atua concretamente na vida concreta é “uma fé sem obras”.
Estou participando de algum grupo ou alguns grupos comunitários de sua cidade?

 

Taguatinga, a cidade que acolhe Brasília na sua noite cultural de lazer e economia popular. (Acesso a todos).

Veja:

    PROJETO CIDADE

Fórum Permanente de Taguatinga- DF

1795476_697731673625816_7447053002479963585_n

Em função do Fórum Permanente em Defesa de Taguatinga, apresentamos algumas ideias:

1. Propomos que se edifique, física e funcionalmente, um espaço de gestão participativa, plural e inclusivo (CASA DOS CONSELHOS DE POLÍTICAS PÚBLICAS); 

2. Propomos que seja constituído por um representante do Conselho de Saúde, do Conselho de Segurança, do Conselho de Cultura, da Agenda 21 e outros conselhos paritários oficialmente designados;

3. Propomos que exerça funções propositivas, consultivas e deliberativas em prol do bem comum, como uma expressão legítima da cidadania;


4. Propomos que sua composição e atribuições sejam regulamentadas, por meio de estatuto e publicação em DODF;


5. Propomos que seja dada a estrutura física e administrativa para o exercício de suas funções (como sugestão a utilização imediata da casa da QNA 39);


6. Propomos que se iniciem as reuniões regulares entre os vários representantes desses organismos e a Administração Regional;


7. Propomos a criação do Conselho de Representantes Comunitários de Taguatinga, em atenção ao artigo 12 da Lei Orgânica do DF, o qual comporá ao CASA DOS CONSELHOS.

Aguardamos sugestões!

 Agenda 21 da minha cidade:

Boa noite, amigos!
Muitos talvez conheçam essa proposta de intervenção (revolução) na mobilidade urbana de Taguatinga do professor Joaquim Aragão.
Mas apresento aqui para servir de conteúdo também à próxima reunião sobre Mobilidade Urbana, na Administração de Taguatinga, essa quinta-feira (24/07), às 19:30 hs.
Acima das críticas e elogios, deixo a contribuição:
10532070_731755080223475_8824226987091776831_o

 Em Taguatinga-DF

Calçadão? Gostei! Hoje no calçadão da Praça do relógio, em Taguatinga centro, reiniciam os shows popularaes das 17 às 19 horas. Vamos lá galera, soltem o artista dentro de vvs.

Projeto paralelo prevê mobilidade e crescimento para Taguatinga.

Projeto paralelo prevê mobilidade e crescimento para Taguatinga

Crítico ferrenho do projeto do Túnel Rodoviário sob a Avenida Central de Taguatinga, apresentado pela Secretaria de Obras do DF, o professor-doutor da UnB, Joaquim Aragão tem, como carta na manga, um projeto paralelo ao do GDF.

Segundo ele, não se trata de um projeto de prancheta, mas sim uma série de soluções que vão desde a construção do túnel, – em outros moldes -, até a implantação de um VLT – Veículo sobre Trilhos, para circular em toda a região metropolitana de Taguatinga.

Especialista em Transporte e doutor em Ciências Políticas aplicadas ao desenvolvimento territorial, o engenheiro Joaquim Aragão, do departamento de Engenharia da Universidade de Brasília, apresenta, de forma contundente, estudos que revelam a necessidade de se integrar as vias que ligam as cidades adjacentes a Taguatinga, sem frear seu crescimento.

Com os olhos fitos na cidade, ele vem trabalhando em um projeto especial para Taguatinga desde 2003 e garante: “Taguatinga é a bola de vez. É a cidade com maior potencial econômico do DF e por isso precisa se tornar também um modelo de organização viária”. Para ele a metrópole de Taguatinga deve oferecer a mobilidade das grandes cidades europeias, preservando a qualidade de vida de seus moradores.

 Com o apoio da academia, de empresários e lideranças da cidade, o professor coletou dados, traçou linhas e desenvolveu soluções. Segundo ele, o projeto já teve aval da Terracap e afirma que, se olhado com carinho por políticos, ou por aqueles que têm a caneta na mão, só quem ganha é a população.

No projeto desenvolvido pela equipe, o acesso ao  túnel sob a Avenida Central teria mais faixas. A própria Avenida Central teria mais acessos do que os propostos no atual projeto apresentado pelo GDF. Como forma de integrar o transporte, a cidade ganharia um VLT, que segundo ele, é um projeto bem antigo, antes mesmo da ideia de ser implantado no Planto Piloto. Dessa forma, se preservariam qualidade de vida e mobilidade de veículos particulares e transporte público.

O VLT atenderia a população nas Avenidas Comerciais Sul e Norte e Central, nos Pistões Sul e Norte, em toda a sua extensão, indo até a Hélio Prates finalizando em Ceilândia.

 Ainda no projeto, são previstas “mergulhões”, como o buraco do tatu, no Plano Piloto, que manteriam organizado o trânsito do centro da cidade.

 O professor admite que o projeto é extenso, porém afirma que deve ser implantado aos poucos com previsões já definidas em todas as fases do projeto. “Nada que não possa ser implantado com planejamento efetivo e projeções orçamentárias bem definidas”, afirma o professor. 

Veja como com seria a nova cara de Taguatinga e região, após a implantação do projeto de mobilidade apresentado pelo professor Aragão que, segundo ele, vai muito além das imediações do Centro de Taguatinga:

ASSIM É A ATUAL CONFIGURAÇÃO DA ÁREA DO VIADUTO QUE LIGAM AS SAMDUS SUL E NORTE

 

COM A IMPLANTAÇÃO DO PROJETO DO PROFESSOR JOAQUIM, TODA A ÁREA DO VIADUTO QUE LIGAM AS SAMDUS SUL E NORTE TERIA UMA MODERNA PRAÇA

 

NESTE PROSPECTO DA AVENIDA COMERCIAL, O PROJETO DO VLT – VEÍCULO LEVE SOBRE TRILHOS, QUE ORIGINALMENTE SERIA PARA TAGUATINGA, PROPORCIONARIA MOBILIDADE INTEGRADA EM TODA A REGIÃO

 

PELO PROJETO DA EQUIPE DO PROFESSOR JOAQUIM, O TAGUACENTER TAMBÉM TERIA UM NOVO VISUAL. TUDO COM PADRÕES DA MAIS ALTA QUALIDADE

 

MERGULHÕES, NOS PONTOS CRÍTICOS DA CIDADE, MANTERIAM O TRÂNSITO ORGANIZADO 

 


O VLT PASSANDO NA PRAÇA DO RELÓGIO, EM TAGUATINGA

 

O VLT PERCORRERIA TAMBÉM OS PISTÕES SUL E NORTE

 

CEILÂNDIA TAMBÉM SERIA CONTEMPLADA COM O VLT INTEGRADO A TAGUATINGA

 

O PROJETO TRAZ DESENVOLVIMENTO INCLUSIVE PARA A CEILÂNDIA
Tauana Ramthum
Arquiteta Paisagista
CAU n. A69876-8

Em 22 de julho de 2014 11:14, Davi Silva Fagundes <davi.agenda21@gmail.com> escreveu:

10560537_731565226909127_605289392696436002_o

Teatro da Praça – Taguatinga -DF

Taguatinga - DF 

 

                                                                       ( Conhecendo melhor nossa querida Brasília)

ASCOM– Administração Regional de Taguatinga RA III 

(61) 3451-2542//34512581
Twitter: @admtaguatinga
Página do Facebook: Adm Taguatinga

                                        Sobre nossa cidade Taguatinga-DF
Recebi algumas sugestões e sobretudo quero fazer justiça ao pensamento do Jornal Satélite que há tempo propõe a redução da velocidade de nossas avenidas para no máximo 40km/hora. Eu concordo plenamente que o transporte por veículo deva ser o mais amigável possível, sem acidentes e sem tirar o lugar do pedestre, da bicicleta e do transporte coletivo.
Eu sabia dessa proposta de 40km/hora  e concordo que é mais coerente com a cidade que queremos. Porém, para alavancar as pessoas do comodismo utilizei um argumento que a primeira vista é apenas comercial: aumento de vendas com a adequação dos modais do transporte: pedestre, bicicleta, carro com velocidade amigável.  Eu concordo que a velocidade deva ser 40km/hora, mas novamente considerei que para uma conquista imediata reduzir para 50km/hora é razoável.
Outra coisa, estou fazendo alguns testes, dirigindo nas velocidades: 60 e 50km/hora na Av. Comercial. A velocidade de 60km/hora é quase impossível atingir e quando se consegue vc tem a nítida sensação de que está para cometer um crime contra alguma moto ou pedestre distraído ou mesmo destemido. É um absurdo que até hoje o nosso DETRAN tenha permitido este absurdo que já ceifou muitas vidas.
Outra observação, ao resgatar a Av. Comercial para os moradores, os alunos e os usuários que enriquecem nosso espaço; é indispensável a ciclovia com duas mãos, e de preferência deve ficar na parte leste (não há tanta interrupção do trajeto).
Para completar, também defendo com garra o transporte público, mas nada de ônibus na forma como existem em Brasília. Proponho o VLT, mas precisamos de estudos técnicos. BRT é extremamente grosseiro para uma avenida, como as que existem no meio de nossa cidade. Ele exige muito espaço, cria enormes estruturas de concreto, e inviabiliza a ciclovia e o comercio local. O BRT, pelo menos alguns que conheço (Porto Alegre e Goiânia), fatia ainda mais a cidade, pois não é em todo ponto que os pedestres, ciclistas e os carros podem atravessar.
Recordem que nossa cidade é predominantemente linear. O BRT fará um profundo corte entre o leste, o meio e o oeste de Taguatinga Norte (QNA, QND >>>CNB, QNB, QNE>>>QNC, QNF). Também manterá fatiado o Norte do Sul, como hoje já acontece, assim como a região do Taguacenter e sua vizinhança (QNG, QNH e QNM).
Reitero que a dedicação a esses “detalhes” tem muito  a ver com a saúde, a segurança, a vitalidade comercial e a qualidade de vida.
Na semana passada abrimos um canal de diálogo com o GDF, não vamos desperdiçar a oportunidade pois o atual PDTU e as propostas elaborados pelo GDF são horrorosas. Precisamos incluir na pauta dos candidatos que Taguatinga não serve de terreno para brincadeiras, assim como nenhuma outra cidade.
                                                                                                            Dr. Júlio Cezar

Do site da ECOD

Carros e Transportes
Mobilização na internet reivindica IPI zero para bicicletas no Brasil O governo brasileiro costuma oferecer isenção do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para a compra de automóveis, medida que, se por um lado, ajuda a aquecer a economia do país, por outro contribui para o excesso de congestionamentos nas cidades, emissões de gases de efeito estufa e todos os demais fatores associados à poluição. Por que não conceder o mesmo incentivo às bicicletas? Continue Lendo →

bike_news_destaque.jpg

                         

                                                                       ( Conhecendo melhor nossa querida Brasília)

                                    

Prefeitura Comunitária da “QNL – Tqaguatinga – Norte.

Semana passada participei da Prefeitura Comunitária da QNL – Taguatinga – DF. Tinha um bom grupo e contou com a presença do Coronel Oliveira, comandante da Polícia Militar de Taguatinga, que falou sobre “SEGURANÇA”. Dando uma explanação sobre o nosso setor QNL e da importância de se registrar a ocorrência em casos de roubos ou assaltos. Estava presente também o Sargento Gregório, da PM, responsável pela segurança da “L NORTE”, de Taguatinga.

Vocês sabiam?

Que a Prefeitura Comunitária tem diretores de todos os setores? Como saúde, educação, esportes, etc.

E que vocês podem participar dando sugestões para  melhoria do setor?  Por exemplo, você que é jovem, pode contribuir colocando os seus anseios, na área de “esporte e lazer” da QNL, contribuindo para fazer mudar tantas coisas! E conseguir tantas melhorias nos diversos setores…

                 Hoje com a presença do Coronel Oliveira foi focalizado mais o problema “segurança”. Do qual, no concreto, todos podem colaborar no trabalho preventivo:

               – Em caso de qualquer suspeita ligar para o posto policial aqui da QNL, cujos telefones são: 84224363 e 33365950.

               – Registrar a ocorrência na 17ª Delegacia de Polícia, que corresponde ao nosso setor, em casos de roubos ou assaltos.

  – Próxima reunião da Comunidade da QNL, com a PREFEITURA COMUNITÁRIA – A confirmar com o Prefeito Comunitário da QNL Norte de Taguatinga: Márcio Celecino: 61- 84616383.

                                                                            Conceição Pinheiro

Foto:

Minha irmã: Terezinha Pinheiro Moreira  –  Projeto Cidade – Campina Grande -PB.

Objetivo do Projeto de Terezinha Pinheiro Moreira:
Articular pessoas, meios e maneiras para que na sua cidade “os últimos sejam os primeiros”.

Minha irmã Terezinha Pinheiro Moreira que fazia parte de Movimento Humanidade Nova em Campina grande-PB pegou da Agende Cidade Nova e elaborou a partir deste um Projeto para a Praça do Rosário, no Prata – Campina Grande junto com representantes das pastorais da Igreja Nossa Senhora do Rosário na mesma cidade.

Depois de elaborarem o Projeto e entregarem também ao governador da Paraíba-PB, dia primeiro de novembro ela foi surpreendida em sua casa por um assaltante adolescente de 14 anos que tirou sua vida num verdadeiro martírio.

Colocarei aqui nesta página de meu Blog o que ela colheu da Agenda Cidade Nova com o título:

PROJETO CIDADE: SONHAR A CIDADE

Como seria a cidade dos nossos sonhos?

Como minha irmã partiu para o paraíso não sei se será realizado o Projeto da Praça do Rosário, em Campina Grande- PB, porém, darei continuidade aos seus ideais postando o que estamos continuando na nossa cidade de Taguatinga-DF através de Seminários mensais para construirmos a CIDADE DOS NOSSOS SONHOS.

***

PROJETO DE REFORMA DA PRAÇA DO ROSÁRIO – Campina Grande -PB.

I – IDENTIFICAÇÃO

NOME DA PRAÇA: Praça do Rosário

LOCALIZAÇÃO: Cruzamento das Ruas Rodrigues Alves com Nilo Peçanha e João Machado, Bairro da Prata, Campina Grande – PB.

SOLICITAÇÃO: Dos moradores do Bairro da Prata, Abaixo Assinados.

AO ÓRGÃO PÚBLICO: Prefeitura Municipal de Campina Grande – PB

II – DESENVOLVIMENTO DA PROPOSTA

1 – OBJETIVO GERAL:

Requalificar a Praça do Rosário, como espaço público de lazer coletivo, a fim de torná-la um dos cartões postais da cidade.

2 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

  1. Requalificar a Praça do Rosário, a exemplo do Açude Velho, com piso antiderrapante, jardinagem, academia aberta e melhoramento do parque infantil;
  1. -Projetar a nova praça com mais bancos à sombra das árvores, jardinagem com  canteiros menores para maiores espaços livres e / ou aberto ao povo nas festas cívicas e religiosas;
  1. – Melhorar o sistema de iluminação debaixo das árvores, implantar um sistema de conservação, de segurança permanente para o público de crianças, jovens e idosos  e idosas da melhor idade frequentarem a  praça;
  1. –  Tratar e melhorar as árvores existentes e / ou substituir as arvores atrofiadas por doenças e cupins;
  1. – Fazer campanha de educação básica para coleta diária do lixo das residências, a  fim de evitar acumulação do lixão no entorno da Praça do Rosário e da Escola;
  1. -Retirar da Praça o container enfeando a praça, enquanto espaço de lazer.

3 ) – JUSTIFICATIVA

  1. A Praça do Rosário

A Praça do Rosário foi reformada em 2000, porém sem vigilância e conservação o espaço público está decadente, é inseguro e propício ao tráfico de drogas. O bairro da Prata é populoso de idosos e idosos em suas residências, sem opções de espaço para caminhar e sem condições de ir para o Parque da Criança ou açude Velho.

Anos atrás, Dona Terezinha Farias (+ de 70, falecida ), moradora do Edifício Residencial Sta. Mônica, caminhava na praça onde caiu e quebrou a mão. Motivo: o piso da praça era e ainda hoje é desigual e irregular, feito de pedras quebradas rejuntadas. Também as crianças da Escola N.Sra do Rosário, sem espaço para as aulas de educação física, correm risco. As grades da praça estão enferrujadas,  quebradas, bancos arrancados, parque infantil envelhecido, árvores maltratadas, doentes, com cupins, galhos secos, jardins sem plantas, gramas e sem o público que deveria ocupá-la…

  1.   Geração de renda…

A Prata, entretanto, é o bairro polo da medicina Campinense, com serviços qualificados de saúde, em hospitais, clínicas, consultórios e médicos especializados, gerando impostos.  Para ele convergem milhares de consumidores por ano, de todos os bairros, municípios circunvizinhos, outros municípios deste Estado e de outros Estados. São consumidores da saúde que dão a este município considerável geração de renda, através do  mercado em geral, das lanchonetes, bares, restaurantes, postos de gasolina, transportes e outros.

  1. Requalificação da Praça…

Em nível de Brasil foi criado o Ministério das Cidades a fim de melhor administrar recursos públicos diante das demandas de suas populações. Com base na presente justificativa, nós, os moradores e moradoras do Bairro da Prata, vimos reivindicar do Poder Público Municipal  – A  Requalificam da Praça do Rosário, a exemplo do Açude Velho,  com piso antiderrapante, jardinagem, redução dos formatos dos canteiros, aumento de áreas livres, academia aberta, melhoramento do parque infantil a partir de fatos concretos, acima citados.

  1. Aliança das Cidades e Cidadania…

A Proposta de requalificação da Praça do Rosário é de interesse coletivo dos cidadãos e cidadãs, crianças, jovens, adultos, idosos e idosas que buscam dignidade, cidadania, segurança, lazer, bem estar e qualidade de vida, considerando a perspectiva do sustentável democrático do Planeta.

Em 2012 a população mundial ultrapassa 7,0 bilhões de habitantes, o movimento Aliança das Cidades, teve início na Noruega com apoio do Governo, do Banco Mundial e de Lideranças internacionais com o Concurso de Redação temática  “Como seria a CIDADE dos seus SONHOS”, ( ONU / 2007 ) tem como objetivo despertar cidadãos no mundo inteiro sobre as contradições das cidades onde moramos e assim termos participação nas soluções junto com os Poderes Públicos.

Fazemos parte desse movimento em Campina Grande e lhe convidamos para conhecer, aprovar e reivindicar democraticamente a Proposta da nova Praça do Rosário!

Campina Grande – PB, agosto de 2012.

COMISSÃO DEMOCRÁTICA

Articuladora como Humanidade Nova – Terezinha Pinheiro Moreira

Comissão do Projeto da Praça do Rosário – Prata Campina Grande –PB.

ABAIXO ASSINADOSNOME                                           ENDEREÇO

Colheu quase 2000 assinaturas e entregaram ao Prefeito da Cidade.

Galeria de fotos das praça do Rosário – PRATA-  Campina Grande-PB.

Projeto Cidade

Autora das fotos: Terezinha Pinheiro Moreira

Brasília 2011 e Argentina 720  Brasília 2011 e Argentina 722  Brasília 2011 e Argentina 725  Brasília 2011 e Argentina 727  Brasília 2011 e Argentina 729  Brasília 2011 e Argentina 731               Brasília 2011 e Argentina 748   Brasília 2011 e Argentina 754  Brasília 2011 e Argentina 757  Brasília 2011 e Argentina 760  Brasília 2011 e Argentina 767  Brasília 2011 e Argentina 769  Brasília 2011 e Argentina 771   Brasília 2011 e Argentina 775  Brasília 2011 e Argentina 777  Brasília 2011 e Argentina 779  Brasília 2011 e Argentina 781  Brasília 2011 e Argentina 783  Brasília 2011 e Argentina 785  Brasília 2011 e Argentina 787  Brasília 2011 e Argentina 789  Brasília 2011 e Argentina 791  Brasília 2011 e Argentina 793  Brasília 2011 e Argentina 795  Brasília 2011 e Argentina 797  Brasília 2011 e Argentina 799  Brasília 2011 e Argentina 801  ???????????????????????????????  ???????????????????????????????  ???????????????????????????????  ???????????????????????????????  ???????????????????????????????

NOTA PARA DIVULGAÇÃO E PEDIDO DE APOIO AOS PAROQUIANOS da Paróquia do Rosário-

Prata-Campina Grande-PB

As Pastorais do Idoso, Apostolado do Coração de Jesus, A Renovação Carismática o Movimento de Humanidade Nova (do Focolare) e a Escola Nossa Senhora do Rosário, aqui representadas como Comissão Democrática, que articula o Projeto Proposta de Reforma da Praça do Rosário, faz o seguinte pedido de apoio aos Paroquianos da Igreja do Rosário:

A Praça do Rosário é um dos cartões postais de Campina Grande, porem sem vigilância e conservação o espaço está decadente, inseguro, são constantes os roubos, lugar é inseguro  e está propício às drogas, quando deveria ser um espaço público para banho de sol, encontros e caminhadas de idosos.

Anos atrás dona Terezinha Farias (+ de 70, falecida), moradora do Edifício Residencial Santa Mônica (Onde Moro) caminhava na praça quando caiu e quebrou a mão em função do piso da praça desigual e irregular e que ainda hoje o é, feito de pedras quebradas rejuntadas.

As crianças da Escola Nossa Sra. do Rosário correm risco físico e de saúde com o parque infantil envelhecido, grades enferrujadas, quebradas, bancos arrancados, árvores maltratadas retorcidas secas, com cupins, grandes canteiros sem jardins  e sem gramas.

Além da situação decadente, o LIXÃO que vem de muitas residências, clínicas, comerciantes e carroceiros deste bairro, até com bicho morto, é jogado em frente à Escola Nossa Senhora do Rosário e até sobre a praça.

Solicitam ao prefeito eleito, requalificação a Praça do Rosário com antiderrapante, rampas especiais para deficientes físicos e visuais, academia aberta ao público, modernização do parque infantil e outras solicitações contidas.

Também solicitam à Prefeitura campanha de educação básica junto às famílias da cidade, especialmente da Prata, para que coloquem o lixo diário de suas residências no horário mais próximo da passagem do Carro da Limpeza Urbana.

O nosso agir, será o agir global de preservação do Planeta. Temos que mudar nossos costumes, vivencias e modelos para tornar nossa Cidade Sustentável para 2050. Em último caso a Prefeitura deve colocar câmeras nas praças, principalmente os do Rosário para multar aqueles que mandam colocarem lixos aqui na Escola ou na praça para isso pagaram IPTU e Taxa de Lixo.

Campina Grande – PB, setembro de 2012.

Terezinha Pinheiro Moreira – Articuladora do Projeto da Praça do Rosário

Como seria a cidade de seus sonhos?

Cidades e Soluções.

Meu Mundo

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s